Páginas


Para acessar os Blogs do Castelinho clique aqui!

terça-feira, 8 de abril de 2008

Língua portuguesa e mercado de trabalho

Apenas um em cada quatro brasileiros consegue compreender totalmente as informações contidas em um texto e relacioná-las com outros dados.

Considere os seguintes textos:
• Em resposta à pergunta: “Comente como é a comunidade em que você mora?”, um adolescente com idade entre 14 e 15 anos, cursando o ensino fundamental, escreveu: Cuaã taugibba madade pcai Daintaiz caní catatneana iuguvaí adunvain zugtcauní lavagua qtingma.”
• Com base no ditado: No dia 22 de abril, comemoramos os 500 anos de nosso Brasil, que é uma terra maravilhosa.”, um aluno da 4ª série escreveu: “No dina vit do de abinu de doni comekcina do no ba basinu terã mlazsa.”
• Com base no tema da redação Internauta de um processo seletivo de uma faculdade particular de São Paulo, um candidato escreveu o seguinte: “É interessante muitas pessoas como internautas falam sobre a Internet sem perceber quando o tempo passa, porque isso a Internet realmente praticamente mais fácil de acessar das informações ilimitadas às nossa.”
Esses excertos, publicados em jornais e revistas, comprovam dois fatos: primeiro, corroboram os dados de uma pesquisa acerca da redação e leitura; segundo, atestam, por conseguinte, o retumbante fracasso do ensino de português.
A pesquisa foi publicada em setembro do ano passado pelo Ibope e mostra que apenas 25% dos brasileiros com mais de 15 anos têm pleno domínio das habilidades de leitura e escrita. Isso significa que um em cada quatro brasileiros consegue compreender totalmente as informações contidas em um texto e relacioná-las com outros dados. Ainda segundo o levantamento, 38% dos brasileiros podem ser considerados analfabetos funcionais. Desses, 8% são analfabetos absolutos. Os outros 30% só conseguem identificar enunciados simples, mas não são capazes de interpretar um texto mais longo ou com alguma complexidade. E mais: no Brasil, 60% da população não tem sequer o ensino básico completo.
Fica muito claro, pela pesquisa: o nosso ensino de português, ao contrário de proporcionar aos alunos o acesso à língua-padrão, tem produzido pessoas que mal sabem concatenar as idéias, que mal sabem se expressar por escrito. O fracasso se torna visível quando uma pessoa não sabe sequer preencher uma ficha de emprego.
Diante dessa calamidade, falar e escrever bem tornou-se uma obrigação, até um meio de sobrevivência no mundo do trabalho, pois as empresas ao contratar funcionários estão a exigir, além do conhecimento de uma língua estrangeira e de informática, o domínio da língua portuguesa, habilidade que, conforme uma publicação recente, está entre as sete para ter sucesso no mercado de trabalho.
Aliás, exigência interessante, que evidência que o nosso ensino de português não tem conseguido sequer transmitir o mínimo indispensável para que a pessoa consiga sobreviver na sociedade. Como querer reformar pessoas livres, se a própria língua é um instrumento que as escraviza?

“Não agüento mais depor
nem um tijolo a mais
na minha torre,
e já esqueci as línguas
dos outros homens.
Quem me dera
não perder a minha
própria língua!...
(João Guimarães Rosa)

Em duplas ou trios:
- Faça um comentário crítico da situação que o texto expõe. Relacione o tema “Língua portuguesa e mercado de trabalho” com o poema de João Guimarães Rosa

66 comentários:

Anônimo disse...

O mercado de trabalho hoje em dia exige pessoas qualificadas que saibam se comunicar e se expressar bem.A maioria das pessoas usam de forma errada a língua portuguesa e o poeta João Guimarães Rosa expressa a vontade de conseguir usar a língua portuguesa de forma correta.Mas infelizmente o ensino de hoje não consegue mais proporcionar infra estrutura suficiente para que todos tenham uma boa educação.


Bruna,Gabriela e Marina - 205

Anônimo disse...

Hoje em dia muita gente é analfabeto por não ter condições para estudar. Muitas pessoas por falta de interesse repetem de ano e acabam parando de estudar, e hoje para entrar no mercado de trabalho é preciso ter o Ensino Fundamental e o Ensino Médio completo, e muitos exigem faculdade e muita gente não tem condições para pagar uma faculdade e acabam não conseguindo entrar no mercado de trabalho.
As girias que são usadas pelos jovens no computador acabam influenciando nos estudos, acabam escrevendo várias palavras erradas.

Tatiane e Janine
TURMA: 205

Anônimo disse...

Hoje em dia, no nosso país existem diversos tipos de linguagem, sendo que muitas pessoas não medem esforços para aprender melhor o português. Nem imaginando que no futuro esse aprendizado fará falta.
Como no poema, as pessoas não querem mais aprender, mas tambem tem medo de esquecer a linguagem que ja foi aprendida, pelo motivo de poucas pessoas usarem a linguagem correta.
Tiago e Rodrigo. Turma 205

Lucas, Jonathan e Fabiano - Turma 205 disse...

O texto fala sobre as pessoas que não sabem usar a língua portuguesa para se expressar corretamente. Como nos dois exemplos em que os garotos falam uma linguagem na qual não se consegue entender e isso ocorre pela falta de leitura, estudo e auxílio, como por exemplo um fonoaudiólogo para casos para problemas fanológicos.
A poesia fala sobre uma pessoa que não agüenta mais as pessoas falando errado, e se caso continuarem a falar errado, ele pode vir a falar errado também.

Anônimo disse...

Marcela,Daniele e Maitícia - turma 205.


O ensino está muito fraco,e as pessoas não aprendem tudo o que deveriam saber.As pessoas já se acustumaram a escrever e falar "informalmente",o que não está correto em ambientes de trabalho,por exemplo. Mas nem sempre a culpa é somente do ensino,
mas também das pessoas que não se interessam pelo aprendizado.
O texto fala sobre pessoas que não sabem usar o português corretamente.Até mesmo no poema João Guimarães Rosa comenta que tem medo de esquecer sua própria língua,já que isso se tornou comum.
Deveríamos dar mais valor a nossa linguagem já que é algo que usamos freqüentemente.

Anônimo disse...

Hoje em dia muitos jovens não se interessam pelos estudos e como o mercado de trabalho está muito exigente,as pessoas precisam ser mais qualificadas para fazer o uso da língüa portuguesa e da comunicação.
Como diz no poema os brasileiros estão esquecendo como usar corretemente a lingua portuguesa.Por exemplo na internet a maioria das pessoas usam o português abreviado,e quando esta no mercado de trabalho esquecem de usar corretamente a escrita da lingua para enviar e-mails etc.

Nome:Gabriela e Inajara
Turma:205

Anônimo disse...

Hoje no país se encontra uma situação revoltante, onde os governantes de nosso país acima de tudo querem ver o número de alunos que se formarão, e não levam em consideração a qualidade do ensino brasileiro. Não somente em relação a lingua portuguesa como em muitas outras disciplinas escolares, mas é básico que o povo saiba ao menos se comunicar e se expressar direito, de forma clara. É vergonhoso afirmar que em um país tão grandioso sua população nem saiba ao menos comunicar-se através de sua língua de forma correta, não se pode esconder os outros e grandiosos problemas do nosso país, mas está claro que grande parte desses problemas partem de um ensino decadente e com sérios problemas de qualidade, o país é por sua vez extremamente competitivo, sendo assim os mais pobres que não tem condições de pagar por um ensino particular são levados por suas carências financeiras a estudar em escolas onde a qualidade do ensino não é levada em consideração, quando saem da escola "aptos" para trabalhar encontram-se em grande desvantagem em relação á alunos que tiveram um melhor ensino, não necessariamente que estes tenham estudado em escolas particulares.
O poema relaciona-se ao texto porque, trata-se do mesmo problema no poema João Guimarães fala sobre o fato de o povo esquecer-se de sua língua, se relacionarmos ao texto encontramos o mesmo problema o "esquecer" do texto nada mais é do que o fato da qualidade do ensino brasileiro ter sido esquecido no ponto em que se trata do número de alunos formados.
NOMES: Jéssica Salini e Sâmina Cicceri.
TURMA:205

Anônimo disse...

Nome:Christian, Éverton Turma:205

O texto comenta a calamidade em que se encontra a língua portuguesa. Muitas pessoas podem saber ler, mas não sabem interpretar o que lêem(analfabetos funcionais).
Comparação:
No texto de José Guimarães Rosa ele comenta sua fidelidade à língua portuguesa.
Já os internautas estão inventando sua própria linguagem.
Ex: pq vc ñ veio aqi?
quando deveria ser "Por que você não veio aqui?".

Anônimo disse...

Hoje em dia,pessoas não se interessam mais tanto pelos estudos,por isso quando vão ingressar num mercado de trabalho eles exigem pessoas que saibam se comunicar e se expressar.Pela falta de interesse de muitos,o português adequado está sendo esquecido,e prejudica algumas pessoas na hora que é necessário ser utilizado.Como diz o poeta João Guimarães Rosa devemos usar a língua portuguesa de forma correta.

Fernanda e Tainê - 205

Anônimo disse...

Esses dois textos tem diferentes pontos de vista, pois um deles, fala sobre a falta de estudo e conhecimento das pessoas brasileiras, pois 38% delas são analfabetas, desta porcentegam, 8% são totalmente analfabetas, e 30% só não tem uma boa interpretação dos textos que elas leêm.
No poema de João Guimarães Rosa, ele diz que nos dias de hoje, as pessoas estudam muito, e ele se preocupa que as pessoas esquecerem suas línguas de origem.

Anônimo disse...

lendo esses dois textos, podemos ver que se referem ao grande numero de brasileiros que não sabem escrever e nem a falar a lígua portuguesa, com algum sentido e isso é vergonhoso, pois infelizmente o nosso ensino não tem conseguido sequer transmitir o mínimo de conhecimento para que as pessoas possam pelo menos se comunicar com a sociedade.


Gessé da S. Corrêa
Turma 205

Anônimo disse...

Esses dois textos tem diferentes pontos de vista, pois um deles, fala sobre a falta de estudo e conhecimento das pessoas brasileiras, pois 38% delas são analfabetas, desta porcentegam, 8% são totalmente analfabetas, e 30% só não tem uma boa interpretação dos textos que elas leêm.
No poema de João Guimarães Rosa, ele diz que nos dias de hoje, as pessoas estudam muito, e ele se preocupa que as pessoas esquecerem suas línguas de origem.

Carlos e Guilherme Turma 205

Robson / Josias disse...

Esse texto comenta sobre a importância da língua portuguêsa em nossa vida, relata sobre um homem que está cansado de procurar emprego, pois o mercado hoje em dia está muito competitivo e algumas empresas exigem o conhecimento de outras línguas, e 75% não sabem nem "portugûes" direito, e na nossa opinião a Internet está contribuindo muito para isso, por causa da linguagem que as pessoas usam para se comunicar via Internet, que é uma espécie de letramento digital, uma nova escrita que surgiu dentro de um outro meio, que é digital.

Beijoos Ana Lúcia! ;D

Robson / Josias - 205

Anônimo disse...

O texto fala sobre os problemas que pessoas tem com a lingua portuguesa
O texto João Guimarães Rosa mostra a fidelidade que ele tem à lingua portuguesa
Yago,Gustavo
T:205

Anônimo disse...

O texto nos fala que 38% das pessoas do Brasil são analfabetas,sendo que 8% delas são totalmente analfabetas,não sabem ler,escrever e principalmente nem a lingua portuguesa falam corretamente. O autor do poema fala que ele não aguenta mais,porque com a vinda de estrangeiros para o Brasil,os brasileiros estão dixando de falar a lingua portuguesa,(ELA ESTÀ ENTRANDO EM EXTINÇÂO)


NOME:willian t. bartz
TURMA:205

Anônimo disse...

Achamos isso muito ruim porque o brasileiro se preocupa muito com coisas que não necessariamente precisariam de tanta atenção deixando de lado o ensino, antigamente muitas pessoas não tinham condições financeiras para estudar quando muitas gostariam. Já hoje os jovens tem muito mais acesso ao estudo, inclusive à informática, bibliotecas, cursos extras (fora do horário de escola)... E acabam não aproveitando estas oportunidades, muitos devido ao fato de os pais não terem estudado e mesmo assim terem connsguido um emprego, por isso não se preocupam porque acham que também irão conseguir sem terem etudado. Outros largam os estudos para cair no mundo das drogas e do crime, a maioria talvez por não ter tido o apoio dos pais.
Com isso não há um entendimento de muitas coisas inclusive a língua portuguesa que é um dos itens fundamentais para a compreensão de muitas coisas do cotidiano.
O poema tem grande relação com o texto porque cita o caso de um homem que não estudou e agora tem de trabalhar "pesado" e torce para não acabar por esquecer a sua própia língua.
Waldelice e Franciele
turma:205

Anônimo disse...

Olá alunos da turma 205!
Gostei dos comentários de vocês.
Realmente é complicada a situação da educação no país. Percebi que vocês estão conscientes que o estudo da língua materna é importante.
Abraços,
Professora Ana Lucia de Almeida

Anônimo disse...

O mercado de trabalho, exige hoje em dia o mínimo de conhecimento possível das pessoas.Muitos brasileiros não sabem ler e escrever corretamente.Para o mercado de trabalho é preciso no mínimo ter o 2º ano do Ensino Médio completo e o basico de informatica.

Fernanda M e Jéssica R - Turma 208

Anônimo disse...

Hoje em dia a educação está precária. Alguns jovens, não tem o suporte necessário para se profissionalizar. E o mercado de trabalho hoje em dia está muito concorrido. Sendo assim alguns jovens não tem chance de fazer parte dele. Hoje em dia algumas pessoas até formada não sabem empregar o português corretamente.
E o poeta naquela época já notava que o nível de ensino estava caindo.

Nomes: Jean, Cristian.

Anônimo disse...

Nomes: Bruna W. Nunes e Gabriel B. Black
Turma: 208

Está cada vez mais difícil a situação de "aprendizagem" no Brasil, esta cada vez menor o número de pessoas que sabem ler e interpretar um texto. Muitas firmas ou empresas não admitem mais funcionários que não tenha pelo menos o 1ª grau completo.

Concordamos com o poeta João Guimarães Rosa, quando ele diz que "...e já esqueci as línguas
dos outros homens.
Quem me dera
não perder a minha."
própria língua!...

Anônimo disse...

Hoje em dia o Brasil em relação a língua portugusa está ficando cada vez pior pois muitos brasileiros são analfabetos ou analfabetos funcionais, conseguem ler o texto mas não conseguem entende-lo.
Melhorar isso não depende só da educação pois hoje em dia há influência de línguas estrangeiras em nosso país, e também a linguagem surgida na internet.
Isso está fazendo com que os brasileiros esqueçam a nossa língua-padrão.

Rodrigo R. e Eduardo - 208

Anônimo disse...

Hoje em dia a língua portuguesa é fundamental na vida de todos.Ler e escrever tornou-se uma obrigação,mas muitas pessoas não sabem se expressar por escrito.
Hoje em dia até para arrumar um emprego exigem além do conhecimento da língua portuguesa,língua estrangeira e informática.
O poema de João Guimarães Rosa
está relacionado com o texto porque fala das pessoas que tem dificuldade em usar a língua portuguesa corretamente.

Bruna Zart,Francine Horn
Turma: 208

Anônimo disse...

O texto aborda um tema muito preocupante no Brasil, pois diz que a maioria da população não sabe sequer preencher uma ficha de emprego e se comunicar corretamente. Isto está acontecendo pela falta de interesse dos próprios alunos e dos governantes, que hoje em dia não estão dando muito valor à educação.
O poema de José de Guimarães abrange o mesmo assunto, pois ele fala que estamos perdendo um dos nossos principais valores, a nossa língua. Nós deveríamos valorizar mais a nossa língua, para não corrermos o risco de acabar esquecendo-a.

Felipe, Gabriela e Jenifer. T:208

Anônimo disse...

O mercado de trabalho hoje exige um estudo mais avançado que nos tempos atrás,hoje as pessoas que não tem estudo não conseguem entrar no mercado de trabalho. As pessoas mais qualificadas tem mais chance de conseguir um emprego que as outras. A lingua Portuguêsa nos ajuda muito no nosso dia-a-dia. Muitas pessoas ao reprovarem na escola param de estuda sem pensar que no futuro pode vir as consequências. Hoje para entra no mercado de trablho as pessoas que tem o ensino fundamental e ensino médio completo tem mais chance que as outras.
DANIELA,PATRICIA T:208

Anônimo disse...

nome: Rosana e Sabrina Turma:208
Atualmente no Brasil,há muitas pessoas analfabetas ou que não conseguem entender textos mais aprofundados , que exijam reflexão.
João Guimarães Rosa expressa no poema a vontade de poder usar corretamente a língua portuguêsa,mas ele não compreende mais o modo de pensar das pessoas, pelo fato de ter um nível maior de escolaridade.

Anônimo disse...

Texto interessante ,fala como os brasileiros na maioria das vezes, não dominam direito a língua portuguesa completamenta, sendo a língua deles, seria o ideal todos dominarem sua própria língua, mas não é o que ocorre, os brasileiros preferem se preocupar com outros assuntos, não se interessando em pelo menos dominar sua língua.

Nome: Patrick ; Rafael
Turma: 208

Anônimo disse...

NOME:Graciéli,Eduarda,Ana Patricia
TURMA:208
Atualmente no Brasil,38% da população é analfabeta e 8% são totalmente analfabetas que não sabem ler nem escrever,só aprenderam a escrever seu próprio nome.As pessoas tem dificuldades de compreender um texto mais aprofundado, que exija reflexão,tem dificuldade de pronunciar sua própria língua e tem um certo medo de esquecer sua própria linguagem, isso está se tornando comum entre os brasileiros.
João Guimarães Rosa comenta no poema a vontade que as pessoas tem de falar corretamente e não esquecer sua língua de origem.
As pessoas estão esquecendo de usar o vocabulário correto, acham que abreviando as palavras é mais rápido e mais fácil.
Deveriamos dar mais valor a nossa linguagem, pois é algo que usamos e usaremos no nosso cotidiano.

Anônimo disse...

Eu acho que o governo tem grande culpa em relação a educação e projetos para o futuro, não adianta fazer e continuar roubando mais do que faz por isso que a maioria do povo brasileiro é sem estudo e precisa trabalhar e sempre fica com a parte pesada ou seja sem estudo não entra no merdado de trabalho com seus direitos.
Rodrigo e Fábio
turma:208

Anônimo disse...

Hoje em dia está cada vez mais difícil de conseguir um bom emprego, as vagas são poucas, a concorrência é muita e ainda exigem do funcionário experiência, estudo completo e muitas vezes faculdade, que nem todos tem condições de fazer, conhecimento principalmente da língua portuguesa e de uma língua estrangeira e informática.
No Brasil existem grande número de analfabetos e poucos com boas oportunidades de conseguir um emprego. Muitos por falta de insentivo, desinteresse e outros por falta de verba.
Muitas pessoas acham que é mais importante o estudo e o conhecimento de uma língua estrangeira e acabam desvalorizando o português, ou destruindo-o com gírias.
O que acontece muitas vezes na adolescência, com a comunicação verbal e escrita na internet, que acaba prejudicando a área de trabalho.
O poeta João Guimarães Rosa nos mostrou uma situação em que tem o conhecimento e teme em perdê-lo por causa da situação em que estamos hoje em dia, destruindo o nosso português.

Luana e Mayara T.208

Anônimo disse...

Hoje em dia vivemos em um país com um mercado de trabalho muito competitivo, onde saber se comunicar e expressar suas idéias de uma forma compreensível é indispensável, pois quem não possui estas qualidades dificilmente consegue um bom emprego com uma boa remuneração. E é justamente isso que o texto aborda. Segundo ele, geralmente isso ocorre pelo "despreparo" da educação (ou pela falta da infra-estrutura adequada), pela falta de interesse dos alunos ou por falta de oportunidades, devido sua situação econômica. Já a poesia de José Guimarães Rosa, fala que as pessoas, e deduz-se que sejam principalmente os jovens, estão "esquecendo" de nossa língua, ou de sua língua de origem, optando por escrever da forma que considera mais fácil, ou seja, abreviando as palavras

Daiane e Fernanda K.
T: 208

Anônimo disse...

A educação no Brasil é um assunto muito discutido, mas pouco se muda com o passar dos anos, e das eleições. Políticos sempre dizem em seus discursos que irão fazer uma "revolução" na educação do Brasil,deve ser por isso que ainda hoje 60% da população não tem sequer o ensino básico.
Brasileiros limitados por falta de oportunidade,como progredir sendo limitado à comunicação? Como conseguir um emprego digno sem conseguir ler o jornal, e muito menos preencher uma ficha de emprego, o que fazem é conformar-se quebrando pedras, pois não foram à escola para aprender reivindicar seus direitos.
João Guimarães Rosa fez uma citação à língua portuguesa, mostrando a importância da comunicação, ainda mais nos dias de hoje, onde a lei do capitalismo é "olho por olho, dente por dente".

Nome: Tiago de Oliveira Mário
Mateus Marques
Turma: 208

Anônimo disse...

Como comenta o poeta Guimarães, existem muitas pessoas que não são alfabetizadas, não tem nem um conhecimento na hora de preencher uma ficha de emprego, para essas pessoas o mercado de trabalho se torna cada vez mais crítico, pois hoje em dia, ate mesmo uma garçonete, faxineira, que são profissões que na maioria das vezes não tem a necessidade nem de escrita nem de leitura para se exercer, estão pedindo no mínimo ensino médio completo, sendo assim o mercado torne-se cada vez mais restrito para aqueles que não são alfabatizados, sobrando a essas pessoas apenas o trabalho da força bruta, ou empregos "sujos". Será que devemos nos dedicar aos nossos estudos para um melhor futuro???

Anônimo disse...

Hoje em dia é dificil arranjar um trabalho,porque cada vez mais então pedindo pessoas mais capacitadas para trabalhar.
Hoje em dia vivemos em um país com um mercado de trabalho muito competitivo, onde saber se comunicar e expressar suas idéias de uma forma compreensível é indispensável, pois quem não possui estas qualidades dificilmente consegue um bom emprego esse proficionalizar.


Nome;Carlos Eduardo L.
Turma;204

Anônimo disse...

Como ja diz no texto "60% da população não tem sequer o ensino básico completo" ou seja a maioria da população não sabe sequer ler e escrever muito menos falar o português corretamente.Isso é uma vergonha para nós brasileiros,sem contar o mal investimento da educação no RS.Deveríamos nos concientizar dessa calamidade pública e,ao menos, dar valor ao que esta em nossas mãos: a ESCOLA, o que muitos não tem disponibilidade para ter, nós temos e estamos deixando para trás.
Sem falar que, hoje em dia, até mesmo para ser GARI é necessário ter ao menos o 2° grau completo.
Alguns jovens começam a trabalhar cedo e largam os estudos porque "estão cansados de mais para essa chatisse" só que essa chatisse é a nossa chance de ser alguém nesse mercado de trabalho competitivo.

Beijinhos profª Ana Lucia!!! :]

Elen e Jociara
turma 204

Anônimo disse...

Hoje em dia como 'todo mundo' sabe que o governo não está colaborando o quanto deveria com o nosso estado. Mas isso não serve como desculpa por muitas crianaças e adolescentes até os 18 anos de idade estarem se escolaridade. Muitos pais ou aqueles que tem a guarda desses adolscentes deveriam 'cobrar' em casa a ida á escola, a participação em aula e o comportamento, e os adolescentes se coenscentizar de que precisam dessas escolaridades.
Hoje em dia, até um 'ponta de caixa em um super mercado' precisa ter pelo menos 1º grau (não descriminando esse serviço que é digno de qualquer outro, mas por ser um serviço que nao é preciso 'inteligencia'.
O governo fala tanto em melhor a educação e a população do Brasil, mas não fazem nada para isso melhorar. Para quem não tem condição financeira não tem como fazer um curso proficionalizante, pois estam muito caro e é nisso que o governo precisa ajudar. E as pessoas, precisam 'buscar' essas escolaridades, se não seram mais um 'joão-ninguém'.


Cauane Giovanella. T:204

Anônimo disse...

O mercado de trabalho exige hoje pessoas qualificadas,que têm pelo menos noçôes básicas de informática,e que principalmente,domínio da lingua portuguesa.Qualquer firma ou empresa que chamar um funcionário para trabalhar vai fazer perguntas sobre a lingua portuguesa,e vão dar a chance para aquele que demonstrar saber mais ou ter mais domínio.

Emili-Turma 204

Anônimo disse...

Acho que todos Deveriam se consientizar mais com a lingua Portuguesa pois hoje dia o mercado de trabalho esta cada vez mais exigindo das pessoas o estudo...
mais "CADA UM EH CADA UM"...cada pessoa deve saber oq fazer!!!

NOME:Marlon...=)

TURMA 204...XD

Anônimo disse...

Com o globalização, as pessoas começaram a falar cada vez mais outras linguas.Uma das mais universais delas é a lingua inglesa, as pessoas procuram cada vez mais aprender ingles sem saber nem ecrever um texto em português, antes de querer trabalhar em um outro país teremos que nos alfabetizar com a nossa lingua.


Nomes:Kalil,Lorenço

Anônimo disse...

Hoje em dia o mercado de trabalho esta muito exigente em relação à língua portuguesa, pois as pessoas se importam mais em aprender linguas extrangeiras do que a propria lingua portuguesa, querendo se aperfeiçoar em "informatica e ingles", elas acabam esquecendo do proprio idioma.O mercado de trabalho notando essa atitude das pessoas, imediatamente começou a rever os seus conceitos, estão pedindo que as pessoas se expecializem tambem na lingua portuguesa.

Paulo Jr. and Vinicius - 204 ;)

Anônimo disse...

Pois é, o nível de ensino vem diminuindo a cada ano.
A alternativa entre trabalhar ou estudar na infância, se torna difícil para muitos, por isso o que lhe resta e trabalhar para ajudar em casa não tendo tempo para estudar.
Hoje em dia até um gari precisa ensino médio para conseguir trabalhar.
Imagine o que serão dessas crianças no futuro sem saber ao menos ler e escrever. Tornarão-se pessoas com nescessidades financeiras.


Carlos Giovanella & Sidinei
turma: 204

Anônimo disse...

o texto comenta sobre o grande indice de pessoas analfabetizadas no Brasil , ele nos relaciona que cerca de 38% da população brasileira são analfabetos funcionais , 8% da população são analfabetos absolutos e 30% só conseguem identificar textos pequenos , não são capazes de interpretar um texto mais longo . E mais : 60% da população não tem se quer ensino básico completo . Hoje em dia para se arrumar emprego você tem que ter o conhecimento da língua estrangeira , conhecimento na área de informática , total domínio da língua portuguesa .Por final o texto comenta que como querer reformar pessoas livres , se a própria língua é um instrumento que as escraviza .

Anônimo disse...

O que texto quer nos mostrar é a falta de interesse de algumas pessoas com o estudo,algo importante na nossa vida.
Mesmo sabendo que o estudo é fundamental em tudo uns nao dao valor, ou outros por nao terem opotunidade de ter uma educaçao ideal em sua vida.
È importante saber que hoje em dia está cada vez mais difícil de conseguir um bom emprego, as vagas são poucas, a concorrência é muita.
Entao devemos nos dedicar mais as coisas que sao boas a nós mesmos para o futuro.Uma delas a educaçao que vai nos acompanhar por toda a vida!!!

Nome:Andressa Turma: 204

Anônimo disse...

Nos encontramos em um período em que o mercado de trabalho exige no mínimo o conhecimento da língua portuguesa, mas 60% da população não tem cursado sequer Ensino básico completo.
Estamos em um estado de calamidade!
Pois é inacreditável que um aluno de 14 ou 15 anos escreva uma frase dessas: "Cuaã taugibba madade pcai Daintaiz caní catatneana iuguvaí adunvain zugtcauní lavagua qtingma."
No poema de João Guimarrães Rosa, nos mostra que a preocupação em aprender outras línguas, acaba deixando a língua portuguesa de lado que é uma exigência do mercado de trabalho.

Nomes: Jéssica e Fabiane
Turma:204

Anônimo disse...

o texto comenta sobre o grande indice de pessoas analfabetizadas no Brasil , ele nos relaciona que cerca de 38% da população brasileira são analfabetos funcionais , 8% da população são analfabetos absolutos e 30% só conseguem identificar textos pequenos , não são capazes de interpretar um texto mais longo . E mais : 60% da população não tem se quer ensino básico completo . Hoje em dia para se arrumar emprego você tem que ter o conhecimento da língua estrangeira , conhecimento na área de informática , total domínio da língua portuguesa .Por final o texto comenta que como querer reformar pessoas livres , se a própria língua é um instrumento que as escraviza .

Douglas e Marcio T:204

Anônimo disse...

O nosso país exige cada vez mais a língua dos outros países ao invés da nossa própria língua. Estão exigindo estudo para qualquer profissão que seja, faxineira, lixeiro e etc...
Eu concordo com a obrigação de termos que estudar para termos um futuro melhor, mais digno.Mas não concordo em ter que aprender línguas de outros países sem nem ao menos saber direito minha própria língua.Acho que o estudo é fundamental para todos, mas nem todos tem condições necessárias para concluí-lo perfeitamente.
Por isso acho que o país deveria pensar melhor antes de exigir mais de seus habitantes.

Alana,Tatiane
Turma:204

Anônimo disse...

As pessoas de hoje não valorizam a nossa cultura, a nossa língua...
O que acontece é que a tecnologia é tanta, que tudo parece ser prático,ex:Quando acessamos a internet para falar com amigos, usamos girias e abreviaturas...
Assim acabamos desvalorizando a nossa língua portuguesa e de fato ao depararmos com o mercado de trabalho saímos prejudicados.
Talvez se criassemos o hábito de "ler" evitariamos tantos erros em nossa lingua.
Devemos valorizar mais os estudos e nos dedicarmos mais a eles, pois são eles que nos colocam diante de um bom futuro.

Jaine, Kelle
turma: 204

Anônimo disse...

A educação no brasil ao invés de melhorar, na nossa opinião esta cada vez pior,pois os governantes do brasil em vez de investir no aprendizado estão cada vez pensando mais no seus próprios lucros,ou seja que para eles o que mais importa não é a educação e sim o dinheiro...
Mas eles não pensam que hoje em dia é fundamental o estudo para se conseguir um emprego!
As empresas estão cada dia exigindo mais,mesmo sabendo que existem pessoas q mal seu próprio nome sabem escrever...

NOME:Juliano Fábio
(maninho) (Zico)



TURMA:204...

Te amamos professora Ana Lúcia de Almeida. (^^)
LL

Anônimo disse...

O nosso pais deveria se preocupar mais com a educaçâo.Os governantes se preocupam muito com seus cargos,se envolvem em escandalos e acabam esquecendo de suas promessas.Promessas de melhores empregos,na pobreza,no saneamento básico e principalmente na educação.Muitos de nossos adolescêntes são analfabetos.Outros não vão mais na escola ou vão só para atrapalhar.O pouco que resta tem grande chance na vida.Hoje em dia,o mercado de trabalho está mais exigente.Para conceguir um bom desempenho voce precisa estudar e não ficar esperando que tudo caia do céu.na poesia lida o poeta tratava de um assunto que preocupa muita gente,o medo de perder o seu modo certo de pronunciar as palavras pr causa dos erros na língua portuguesa.

Nome:Mariana Turma: 204

Anônimo disse...

Bem, no meu ponto de vista, o brasileiro não se da muito em conta
o quanto é importante saber e conhecer a nossa língua, como exemplo dado no texto na hora de uma entrevista de emprego. A pessoa muitas vezes que acha que sabe falar corretamente e não da muito a importância ao ensino de português.
Na minha opinião nem é culpa de professores e do ensino que está sendo dado, e sim ao interesse das pessoas a querer aprender a nossa língua.

Talissa 207

Anônimo disse...

Ana Paula Duré Nº 06
Carolina Lopes Ferreira Nº 10
T: 207

O texto nos mostra que hoje em dia as pessoas não se interessam mais em aprender a lingua portuguesa.
As pessoas não lêem mais livros, jornais, revistas e consequentemente por causa disso elas se tornam pessoas sem conhecimento e sem visão e opinião nenhuma de qualquer assunto que acontece no nosso dia-a-dia, na nossa vida. Isso faz com que dificulte a entrada no mercado de trabalho, pois hoje em dia quem não tem estudos, experiências não chega em lugar algum.
Já no poema de João Guimarães Rosa, o poeta lamenta as pessoas não terem mais uma boa escrita e fala correta. Também ressalta que todos ainda deveriam ter, assim como ele, uma boa dicção, boa escrita, que ele tem graças ao seus estudos.

Anônimo disse...

Lendo esses textos,podemos ver como a lingua portuguesa é importante para nós. Não tendo conhecimento algum na linguagem fica mais dificil para entrar no mercado de trabalho. Nos tempos de hoje o ANALFABETISMO já não é mais uma grande polêmica, já existe nas escola o EJA, entre outros métodos de aprendizagem.Podendo assim melhor o conhecimento de muitas pessoas, e oferecendo assim novas chances no mercado de trabalho. E não podendo esquecer que o estudo hoje é fundamental para crescer no mercado de trabalho.

Jéssica Dahm e Ramon Duarte.
Turma: 207

Anônimo disse...

No nosso ponto de vista, o português do brasil é pessimo, eu como internauta, falando a lingua internetes, sou um semi-analfabeto, sabendo escrever portugues corretamente em muitos casos, mas temos que admitir que falta muita interpretaçao de texto, pois nao entendemos o que lemos muito menos o que falamnos as vezes.
O mercado de trabalho no dia de hoje, necessita muito de pessoas qualificadas, e como o povo brasileiro não se atualiza na maioria das vezes e também não fazem faculdaedes. Hoje a situação no brasil é tao grave, que empresas nem tem mais preferências por pessoas graduadas e sim, pessoas com um curso técnico.
Precisamos com certeza nos aprofundar mais no ensino português, e acima de tudo, ler mais e conversar corretamente.

Felipe e Lucas - 207

Anônimo disse...

Alexandre e Nestor, turma 207

Dentre todos essas calamidades vistas no texto, temos que salientar a preocupante situação do brasileiro no quesito ensino básico. Os governos e muitos escritores defendem a idéia de que o Brasil se tornou um país 'inferior' devido ao seu tipo de colonização, pois ao contrário muitos outros países do globo passaram pelos mesmos conflitos e problemas que o nosso país, porém o ensino e nível de cultura destes está muito acima do nosso. Parte é culta do governo das cidades e da própria população, ao qual prefere acomodar-se ao invés de com as próprias mãos conseguir se isentar de uma vida praticamente miserável, o Nordeste é o nosso maior exemplo. A conseqüência é que temo cada dia mais uma população ignorante, como dados mostram no texto, e desta forma jamais chegaremos a um 'desenvolvimento' e sendo sempre no exterior vitmas de preconceito e xenofobia e o Brasil será sempre visto com um país de gente ignorante e com baixa cultura e o que mais revolta é que nós mesmos fazemos essa realidade.

Anônimo disse...

Muitas pessoas hoje em dia não sabem ler e escrever. E com as girias atuais acabam piorando a situação e também as pessoas que nao sabem ler pois nao praticam diariamente. A pessoas que não tem oportunidade de cursa um bom colégio ou faculdade assim não conseguem um bom emprego e seus filhos acabam sendo prejudicados.
A poesia fala de um dos grandes problemas do brasileiro, o analfabetismo.
Naiara P. Quinot e Franciele W. Zanatta Turma: 207

Anônimo disse...

A língua portuguesa está se tornando um "problema" para nós brasileiros. Muitos não sabem escrever um texto ou até mesmo falar o português correto, algumas pessoas porque não tiveram oportunidade de aprendê-lo e outras por falta de leitura ou até mesmo por preguiça. Em relação ao mercado de trabalho, nos dias de hoje, se você não sabe o portugês você será um desempregado.


Emily Cornelius
João Otávio M. Wollmuth

Turma: 207

Anônimo disse...

O ensino está um tanto quanto prejudicado nos dias de hoje. E principalmente da disciplina de português os alunos não estão aprendendo o básico, muitas vezes os estudantes saem do ensino médio sem saber interpretar um texto um pouco mais complexo. O mercado de trabalho está mais competitivo, e se a pessoa não tem a noção da língua portuguesa fica complicado, os emprésarios (ou quem contrata) vai escolher sempre quem tem algo a mais.
Na poesia, José Guimarães Rosa diz que está preocupado com a língua dele, ele está querendo dizer que o ''assassinato'' da línuagem de muitos ja aconteceu mais ele não quer perder a a sua língua.

Gabriel Black 207

Anônimo disse...

Aline,Jéssica Stange
Turma:207

Hoje em dia as pessoas (principalmente os jovesn)não estão se preocupando com a língua portuguesa, estão praticamente assacinando o português usando gírias.As pessoas de hoje em dia não sabem interpretar o que lei em e menos ainda o que estão escrevendo.Os jovens quando iniciam no mercado de trabalho querem ser os melhores mais nem sabem preencher uma currículo.

Anônimo disse...

ADRIELE DE OLIVEIRA DA SILVA...
Que nos dias de hoje as pessoas até sabem ler,mas dificelmente sabem interpretar o que leram.A situação do Brasil está muito critica,pois quase todos acabam usando girias e esquecem de como é exatamente as palavras e muitas vezes isso pode conplicar na hora de arrumar um emprego,pois eles acabam não sabendo como falar ou até mesmo como preencher o curiculo de trsbalho.Há também os analfabetos que acabam sofrendo muito com isso por não terem a chance de estudar não conseguem trabalho
TURMA:207

Anônimo disse...

O texto fala sobre uma sociedade que nao sabe usar corretamente as palavras;sao varios os motivos:professores mal qualificados ou desinteressados.O texto tambem fala como o mal conhecimento no portugues pode afetar na busca por um emprego.A relacao que se pode estabelecer do texto com o poema sao pessoas que querem aprender o portugues correto mas nao tem oportunidades.

fernando turma 207

Anônimo disse...

Em uma empresa os funcionários já não se localizam na linguagem certa, sempre erram as palavras como por ex: "nóis",etc...
Certamente são depididas porque não tem o segundo grau completo.
Já na questão do intendimento do texto falta a atenção do leitor. No poema o homem que tem medo de perder a língua tem medo de ser despidido por não ter aprendido.

Elisiano Jader corrêa Turma 207

Anônimo disse...

No mundo de hoje, as coisas estão cada vez mais fáceis quando se trata de um simples trabalho escolar,tudo está de mão beijada na internet. Os alunos estão muito dependentes do Ctrl+C e Ctrl+V, o famoso copiar e colar. Com essa facilidade, muitas vezes nem leêm o que está contido no texto, dificultando a formação das suas próprias idéias e conhecimentos dos tais assuntos. A falta de interesse pela leitura, acaba prejudicando o saber da escrita portuguesa e também da compreensão do texto.
Os jovens tem que se conscientizar que o computador não os torna um bom profissional no futuro. Imagine você, não tendo conhecimento de uma língua estrangeira já é difícil de conseguir um bom emprego, pense nas pessoas que não tem conhecimento da sua própria.

NOMES: Amanda R., Bruna e Camilla R.
TURMA: 207

Anônimo disse...

O texto nos mostra a realidade dos jovens hoje em dia, as suas dificuldades em arranjar seu primeiro emprego devido a sua falta de conhecimento. E o mercado de trabalho está cada vez mais disputado e exigente, as pessoas precisam se destacar uma das outras para tentar conseguir o melhor emprego.
A língua portuguesa, pelo fato de ser nossa língua, é essencial que todos a saibam corretamente.Mas não é o que acontece, as pessoas tem muita dificuldade no escrever pelas tantas regras que existem no português.
Por isso é importante que cada dia todos queiram sempre saber mais,para que se destaquem em meio de seus vários concorrentes e consigam um bom emprego no futuro.

O poema nos fala das coisas novas que sempre surgem na língua portuguesa.E o problema que as pessoas tem de aprenderer o novo, sem poder esquecer o que já foi aprendido.

Nomes: Paula Wiebbelling e Karina Piloneto
Turma: 207

Anônimo disse...

A língua portuguesa de antigamente era bem mais difícil,mas agora é totalmente remodelada atandendo a necessidade das pessoas que tinham e ainda tem muita dificuldade de compreende-lá,se as pessoas se enteressasem mais em aprender nao precisaria em ter mudado.Sem falar que hoje existem as tais das gírias que modificaram a escrita dos jovens dentro da sala de aula(mundo).
E isso prejudica nao apenas na escola como no mercado de trabalho, pois todos ramos de trabalho exigem a linguagem correta.A qualificação verbal é muito exigida no ambiente de trabalho, imagine só trabalhar em um escritório falando e usando gírias e abreviações!
Temos que ter uma compreenção completa na língua portuguesa,naum escrever certo e falar errado ou falar errado e escrever certo,como ocorre com muitas pessoas em vários lugares.
Pâmela e Camila G...207

Anônimo disse...

Atualmente o mercado de trabalho está exigindo muito mais capacitação das pessoas que procuram emprego. E acima de tudo o domínio (e emprego correto) da língua portuguesa é fundamental e essencial para quem procura uma vaga no mercado de trabalho e para isso é indispensavel que a pessoa tenha uma boa escolaridade, o que (como vimos no texto) não é o caso da maioria da população brasileira. No poema de João Guimarães Rosa o autor clama por não perder a própria língua e menciona ja ter esquecido a língua dos outros homens e não aguentar mais "depor tijolos em sua torre" (estudar, adquirir conhecimento). Relacionando o poema com o texto percebemos que talvez precisamos de um ensino mais qualificado e não apenas um conhecimento geral.

:D

Beeeijos de

Luis Guilerme e Luiz Antônio T:207

Anônimo disse...

Querendo ou não, o analfabetismo está crescendo cada vez mais em nosso país, e a causa disso não é somente a falta de oportunidades, muitas vezes é por falta de interesse. E acabam esquecendo que o “básico”, principalmente da língua portuguesa é indispensável hoje. Ainda mais no mercado de trabalho, que está se tornando cada vez mais rígido no mundo atual. Quanto mais experiência, quanto mais conhecimentos mais chances se tem...
E como comenta o poeta Guimarães, os brasileiros estão cada vez mais desaprendendo a sua própria língua.


Aline, Angélica e Cátia
Turma: 208

Anônimo disse...

O texto expõe uma situação que muitos de nós não estamos acostumados mas que tem se ternado cada vez mais crítica no Brasil, de um lado estão as emprsas exigindo funcionarios bem qualificados, com segund ograu completo e muitas vezes até faculdade, mas querem pagar pouco. No outro lado está a população que muitas vezes não sabe nem mesmo enterpretar um texto e 60% não tem nem mesmo o ensino básico completo, e isso tem gerado grandes problemas para o brasil, as empresas não tem pessoas qualificadas para trabalhar e a populaçao sofre com o desemprego por não atender as exigencias das empresas.

Diogo D. Ohlweiler, PP

Postar um comentário

Obrigado pela sua colaboração e pelo comentário!